quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Natureza x Tecnologia



De um lado: uma praça, um lugar de descanso
De outro: trânsito, motoristas na presa de seu dia-a-dia

E no que será que este homem está pensando?

Me peguei tentando decifrar a cabeça de pessoas que, em silêncio, passa horas em pensamentos soltos.
(Já que eu não consigo decifrar os meus próprios delírios).

Plaza Las Heras - Buenos Aires - Argentina



*todas as fotos publicadas 
neste blogger são de 
autoria de Amanda Laryssa .

12 comentários:

  1. Às vezes me pego tentando decifrar também o que os outros estão a pensar.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso!
      Acho que é mania de bloggueiro! heheh

      Abraços.

      Excluir
  2. Imaginar os pensamentos alheios alivia-nos do quanto são loucos os nossos.
    GK

    ResponderExcluir
  3. adoro dar vida e imaginar histórias para desconhecidos!
    você até guarda fotos deles. que vontade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é? Eu dificilmente fotografo, Flá. (Até por questão de privacidade e afins). Só fotografei dessa vez pelo contexto em que ele se encontrava.

      Gosto de imaginar histórias também!
      Me divirto.

      Excluir
  4. Isso é parte do ofício de um escritor: Adivinhar o que vai na cabeça dos que "passam", de quem observamos.

    Esse parece prestes a tomar uma decisão qualquer. Não parece fácil.

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso. Imaginei algo assim também, Mateus! hehe

      Mania de escritor e de fotógrafo! heheh

      Abraços.

      Excluir
  5. Lembro de ter lido em um livro uma vez um cara que dizia adorar andar de metrô e que se pudesse passaria um dia inteiro de metrô em metrô só pra poder ler as pessoas e imaginar suas histórias, acho que é isso, já que não podemos decifrar a nós mesmos encontramos formas de tentar decifrar os outros, ou ao menos imaginar.

    Muito bacana a fotografia.
    Beijos
    eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que livro legal, Mayra. Você ainda lembra o nome ou autor?
      Eu tenho mania de fazer isso pela rua! Hehehe Aliás, já conheci muita gente assim, no ônibus, na fila. Me divirto sempre.

      Obrigada pela visita.
      Abraços.

      Excluir